Posted on

Semente de linhaça

Dourada ou escura são ricas em proteínas, fibras alimentares e ácidos graxos poliinsaturados (ômega 3 e ômega 6), além disso, contém vitaminas B1, B2, C, E, caroteno e minerais como ferro, zinco, algumas quantidades de potássio, magnésio, fósforo e cálcio.

Algumas indicações

  • Tem efeito antiinflamatório, podendo ser usado no tratamento de artrite e dermatite.
  • Estudos mostram que o consumo de linhaça reduz o colesterol total e o LDL colesterol e a pressão arterial confirmando seu efeito cardioprotetor.
  • As fibras da linhaça auxiliam na perda de peso, pois absorvem água, formam um gel que retarda o esvaziamento do estomago aumentando a saciedade. Esse gel aumenta o volume do bolo fecal, regulariza o funcionamento do intestino e previne o câncer coloretal e ainda auxilia no controle das taxas de glicose sanguíneas, diminuindo o risco de diabetes.

Sugestão de uso

Adultos: aconselha-se a ingestão de 1 a 2 colheres de sopa (aproximadamente 10 gramas), uma vez ao dia com saladas de frutas, sopas, mingaus ou batidas no liquidificador com frutas, iogurtes, etc. É excelente também para compor receitas de bolos, biscoitos, pães e barras de cereais.

Crianças acima de 3 anos: aconselha-se a ingestão de uma a duas colheres de sobremesa (aproximadamente 5 gramas), uma ou duas vezes ao dia, de preferência sob orientação de médico ou nutricionista.

Dicas

Para aproveitar o máximo da semente é indicado triturá-la, pois tem uma casquinha dura que pode dificultar a absorção dos nutrientes. Outra sugestão é deixar a linhaça no forno baixo por 15 minutos, antes de triturá-la. Claro que, se ela for usada na preparação de receitas assadas, como pães ou biscoitos, não precisará. Para conservar procure guardar em pote bem fechado no refrigerador, e ao abrigo da luz por até 3 dias. Também pode ser utilizada no último cozimento do feijão ou sopa.