Publicado em

As calorias e os alimentos

200-calorias2

O que esses alimentos acima têm em comum?

Vocês vão me responder: nada!  Mas eles apresentam uma semelhança sim! A quantidade de calorias presente na porção é a mesma.

Todo mundo  já ouviu falar da palavra caloria, né? E grande parte da população já comeu um alimento, olhou um rótulo, ou pediu algo no restaurante pensando nas calorias, certo?

Mas afinal o que significa essa palavrinha tão assustadora nas dietas de emagrecimento?

Na definição científica, caloria é a quantidade de calor necessária para elevar em 1 grau Celsius a temperatura de 1 mililitro de água, ou seja 1 caloria equivale a 4,18 joules.

Caloria é a energia  produzida e armazenada em nosso corpo quando ingerimos e metabolizamos um alimento. Essa energia é importante  para nossas atividades diárias tais como digestão, respiração, prática de exercícios, funcionamento do cérebro, batimento cardíaco, crescimento do cabelo e das unhas, etc.

Então quando falamos que um alimento tem um número x de calorias, quer dizer que isso é a quantidade de energia que ele fornece ao nosso corpo. E essa energia pode ser boa ou ruim. Oi?

Sim. Um alimento pode ter 200 calorias entre açúcares e gorduras e não representar nada para o nosso corpo, a não ser a tal energia, que em excesso será armazenada na forma de gordura.

Enquanto outro, pode ter as mesmas 200 calorias e apresentar na sua composição, elementos importantes para o nosso organismo, como vitaminas, fibras e sais minerais.

E o que dita o número de calorias dos alimentos? São os macronutrientes: carboidratos, Proteínas e lípideos. Cada um desses tem um número de calorias por grama.

macrinutrientes blog da mimis

 

É por isso que em uma dieta, devemos estar atentos não só ao número de calorias dos alimentos, mas da qualidade dos macro e micronutrientes. E quando a dieta é de emagrecimento, esse controle deve ser maior ainda, pois se comermos algo pobre em nutrientes, o organismo vai sentir falta e a fome também será maior.

 

200-calorias

200-calorias-alimentos-bons-blog-da-mimis-michelle-franzoni3

200-calorias-alimentos-ruins-blog-da-mimis-michelle-franzoni2

200-calorias-alimentos-ruins-blog-da-mimis-michelle-franzoni3

Realmente nas fotos, o mais impressionante é a diferença de quantidade dos alimentos. Mas lembrem-se que alimentos com gorduras boas, como o abacate, as oleaginosas (castanhas, nozes, etc) e o azeite de oliva  vão elevar as calorias dos alimentos, mas nem por isso devem ser cortadas da dieta, pois são fundamentais para o organismo.

E para ver as informações nutricionais de alimentos que não têm rótulos, é preciso pesquisar em uma fonte segura, pois muitas vezes a internet mostra informações erradas. . Eu uso a Tabela Taco desenvolvida pela NEPA, da Unicamp. Nela também encontro a quantidade de macronutrientes dos alimentos.

Então agora é ficar ligado, não apenas nas calorias, mas na qualidade do que ingerimos! Não é preciso abrir mão de tudo que tem calorias ruins na vida, mas é preciso saber equilibrar e fazer escolhas melhores, não só para quem quer perder peso, mas principalmente para a saúde.

Um comentário sobre “As calorias e os alimentos

  1. Muito boa a comparação entre calorias,
    é o mesmo que caso do ultrapassado cálculo do IMC, não precisamos de calculadora para contar a quantidade de calorias que devemos consumir no dia, mas sim devemos escolher alimentos de verdade com a consciência livre de números.
    Por falar em números só não concordo com as calorias do pão integral como caloria feliz, e sim como triste, aliás muito triste, é um engano achar que esse alimento com alto índice glicêmico faça bem ao nosso organismo, só para ter uma ideia 2 fatias de pão integral equivalem a 1 fatia de pão de farinha refinada.

Os comentários estão fechados.